Buscar
  • Astênio Araújo

Os Axiomas da Energia #1


Axioma # 1 – Tudo é Energia

“Na natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma."

Lavoisier.

"A energia não pode ser criada,não pode ser destruida."

James Prescott Joule.

“E = mc2”

Albert Einstein.

Tudo no universo é energia. Mesmo as “coisas”, como mesas, cadeiras e sapatos, são formas de energia representadas como matéria. Assim, ao nosso redor, estamos cercados de energia por todos os lados.

A matéria pode ser convertida em energia através de transformações físicas, químicas e atômicas. O contrário também acontece, quando a energia é transformada em matéria. Por todo o cosmo, continuamente, temos matéria sendo transformada em energia, e vice-versa. O mesmo acontece dentro do nosso corpo.

Nós, seres humanos, no dia a dia, fazemos muitas transformações de energia, tanto de forma microscópica, através das nossas células, como também através do nosso trabalho diário, quando empregamos esforços físicos ou intelectuais para realizar as nossas tarefas. É sobre esta última forma de troca de energia que iremos tratar nos nossos axiomas.

Os axiomas irão revelar como poderemos melhor fazer as trocas de nossas energias. É minha intenção provar que quem melhor fizer as escolhas das suas trocas de energia, será mais bem sucedido naquilo que escolher como seu projeto de vida; seja este o de acumular bens materiais ou valores espirituais.

Para exemplificar melhor, vejamos um caso prático. Se você recebe uma pessoa para conversar, que somente “merece” dois minutos da sua atenção, e você dedica duas horas a ela, você notadamente teve um enorme desperdício de energia, aqui representada na forma de tempo. O contrário também é verdade. Se você dedica dois minutos diários de conversa ao seu filho, quando, na sua concepção deveria dedicar duas horas, você também está fazendo uma péssima conversão de energia. Não é objetivo, destes axiomas, tratarem das questões sobre os enfoques humanitários, de deixar ou não de dar atenção ás pessoas. Os aspectos humanitários são importantes na vida das pessoas. Entretanto, o nosso enfoque será técnico e, friamente analisando os casos acima, tivemos péssimas trocas de energia. No nosso dia a dia, somos obrigados repetidamente a fazer escolhas como estas, e convém refletirmos sobre como as estamos fazendo.

Tempo, dinheiro, imóveis, conhecimento, bens materiais, prestígio e inteligência, entre tantos outros, são formas de energia. Tempo pode ser convertido em dinheiro, que pode ser convertido em imóveis, que pode ser convertido em dinheiro, que pode ser convertido em conhecimento (comprando-se um livro, por exemplo), e assim sucessivamente.

Para maior entendimento dos próximos axiomas, vamos dividir a energia em duas formas. A primeira é a energia potencial e a segunda é a energia cinética.

A energia é dita potencial quando está em repouso. Pronta para ser usada. A água em uma caixa d’água, por exemplo, está na forma potencial. Ao abrir a torneira, ela se transforma em energia cinética. No mundo real, a forma mais prática de acumular energia potencial é através do dinheiro. Quanto mais dinheiro, mais energia potencial. O dinheiro é uma forma de energia de alto poder de conversibilidade. Pode quase sempre ser transformado, com muita facilidade, em outros tipos de energia, como trabalho e bens, por exemplo, pois, em tese, basta pagar para tê-los. Outra forma muito presente de energia potencial é a nossa energia corporal. Quando comemos, estamos suprindo o nosso corpo de energia. Esta energia poderá posteriormente ser transformada em trabalho. Nosso conhecimento acumulado é energia potencial. Quando estudamos estamos aumentando esta energia. Quanto maior a quantidade de conhecimento acumulado, maior é o nosso potencial.

A energia é dita cinética quando está movimento. Quando a energia potencial entra em ação é que ela se torna cinética. Uma pessoa correndo está transformando sua energia potencial, acumulada através da ingestão de alimentos, em energia cinética. Energia cinética envolve basicamente realização de trabalho. Ao por o celular para carregar, por exemplo, estamos acumulando energia potencial para depois usá-la durante a comunicação. Os conhecimentos acumulados, quando aplicados, são bons exemplos de energia cinética. É através da ação que as coisas acontecem. Pessoas bem sucedidas, dentro do conceito individual de cada um, fazem as coisas acontecerem. Ao nosso redor podemos encontrar pessoas que passaram a vida fazendo planos sem nunca colocá-los em prática. São eternos “sonhadores” que nunca agem. Somente podemos considerar que há realização quando há movimento e conversão de energia.

5 visualizações

CLIQUE AQUI PARA NOS MANDAR UMA MENSAGEM

Inovai Consultoria Empresarial Ltda.

(84) 3211-3414 

WhatsApp: (84) 99921-9899

Rua Ipanguaçu, 1123,Tirol 

Natal/RN - Brazil

CEP 12345-678

e-mail: astenio.araujo@inovai.com.br

Instagram: @inovaiconsultoria

WhatsApp: +55 84 99921 9899

© Inovai Consultoria Empresarial Ltda.