Buscar
  • Astênio Araújo

A AUTOMOTIVAÇÃO

—Mihaly Csikszentmihalyi


Se cientistas "normais" são motivados em seu trabalho pelos enigmas intelectuais desafiadores que enfrentam, cientistas "revolucionários" rompem com paradigmas teóricos existentes para forjar novos – são ainda mais impelidos pela fruição. Um ótimo exemplo diz respeito a Subrahhmanyan Chandrasekhar, o astrofísico cuja vida adquiriu dimensões míticas. Quando, ainda jovem, deixava a India numa lenta viagem de barco de Calcutá à Inglaterra, ele escreveu um modelo da evolução estelar que depois se tornou a base da teoria dos buracos negros. Mas suas ideias eram tão estranhas que por longo tempo não foram aceitas pela comunidade científica. Chandrasekhar acabou sendo contratado pela Universidade de Chicago, onde continuou seus estudos em relativa obscuridade.


Uma anedota contada a seu respeito simboliza seu comprometimento com o trabalho. Na década de 1950, Chandrasekhar estava em Williams Bay, Wisconsin, onde ficava o principal observatório astronômico da universidade, a cerca de 130 quilômetros do inverno, ele daria um seminário avançado em astrofísica. Apenas dois alunos tinham se matriculado, e seria de esperar que Chandrasekhar o cancelasse. campus principal. Naquele em vez de se sujeitar ao inconveniente do deslocamento até lá. Mas ele se recusou a fazê-lo, e ia de carro para Chicago duas vezes por semana, por estradas remotas, para dar o curso. Anos mais tarde, primeiro um, depois o outro desses dois ex-alunos ganharam o prêmio Nobel de física.


Sempre que essa história era contada, o narrador solidário concluía com uma nota de remorso, dizendo que era uma pena que o professor nunca tivesse ganhado o Nobel. Esse remorso não é mais necessário, porque em 1983 o próprio Chandrasekhar recompensado com o prêmio. “

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O DESPERDÍCIO DO TEMPO LIVRE

Mihaly Csikszentmihalyi ... as pessoas em geral anseiem pelo final do expediente para voltar casa, loucas para aproveitar seu tempo livre a duras penas conquistado, com muita frequência não têm ideia

CUIDADO COM OS BAOBÁS, DIGO, PERCENTUAIS..

--Astênio Araújo Apresentar dados em percentuais é uma maneira elegante de iludir: Um percentual é a divisão de dois números mantidos ocultos; estes sim verdadeiros, o percentual costuma mentir... Um

COMO SE PORTAR NA CASA DO REI

(Sêneca) “A Cambises, um rei por demais dado ao vinho, Prexaspes, um de seus mais caros amigos, aconselhava a beber com mais parcimônia, dizendo-lhe ser torpe a embriaguez em um rei, pois olhos e ouvi